“SE SEUS PROJETOS FOREM PARA UM ANO,SEMEIE O GRÂO.SE FOREM PARA DEZ ANOS,PLANTE UMA ÁRVORE.SE FOREM PARA CEM ANOS,EDUQUE O POVO.”

“Sixty years ago I knew everything; now I know nothing; education is a progressive discovery of our own ignorance. Will Durant”

OBRIGADO DEUS PELA VIDA,PROTEGENOS E GUARDANOS DE TODO MAL


AUTOR DO BLOG ENG. ARMANDO CAVERO MIRANDA SAO PAULO BRASIL

domingo, 17 de janeiro de 2010

ENERGIA EOLICA NO BRASIL E NO MUNDO-CEARA

A primeira turbina eólica comercial ligada à rede elétrica publica foi instalada em 1976, na Dinamarca. Depois disso, houve uma grande expansão, principalmente nos países desenvolvidos. Entre os países usuários da energia eólica estão Estados Unidos, Alemanha, Espanha, Dinamarca, Índia, Japão, China, França, Argentina e Tunísia.A empresa alemã Wobben Windpower Enercom é uma das que aproveita as pesquisas sobre motores de aviões que foram aproveitados para a construção de parques eólicos. A companhia se instalou por todo o mundo, inclusive no Brasil, onde abriu uma fábrica no estado do Ceará.Em 1999 foi construído o primeiro parque eólico do mundo sobre dunas de areia, na praia da Taíba, no município de São Gonçalo do Amarante, Ceará. Com 10 aerogeradores, tem capacidade toal instalada de 5 Megawatts (MW). Anualmente o parque produz cerca de 17 milhões de kilowatts/ hora (KWh), quantidade suficiente para suprir de forma limpa e renovável as necessidades domiciliares de uma população de 50 mil pessoas.Nesse mesmo ano foi instalado um dos maiores parques eólicos da América Latina no município de Aquiraz, também no Ceará. Possui 20 aerogeradores e tem capacidade total instalada de 10 MW e sua produção anual chega aos 35 milhões de KWh.A energia eólica também está presente nos estados do Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Minas Gerais e Rio Grande do Norte. Graças ao Programa de Incentivo de Fontes Alternativas da Eletrobrás (Proinfa), vários projetos estão em execução e novos parques serão inaugurados.O Proinfa tem como objetivo aproveitar uma parte do potencial brasileiro. Segundo estimativas o País possui uma capacidade total de 143,5 gigawatts (GW), sendo 52% somente no nordeste. A faixa litorânea do Brasil apresenta ventos adequados para o aproveitamento em larga escala da energia eólica.Fonte: Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Energias Renováveis

Nenhum comentário:

Postar um comentário