“SE SEUS PROJETOS FOREM PARA UM ANO,SEMEIE O GRÂO.SE FOREM PARA DEZ ANOS,PLANTE UMA ÁRVORE.SE FOREM PARA CEM ANOS,EDUQUE O POVO.”

“Sixty years ago I knew everything; now I know nothing; education is a progressive discovery of our own ignorance. Will Durant”

OBRIGADO DEUS PELA VIDA,PROTEGENOS E GUARDANOS DE TODO MAL


AUTOR DO BLOG ENG. ARMANDO CAVERO MIRANDA SAO PAULO BRASIL

sábado, 11 de junho de 2011

Primeira tese do Instituto de Eletrônica de Potência INEP é digitalizada



Professor Doutor João Batista Vieira Júnior
Universidade Federal de Santa Catarina | Instituto de Eletrônica de Potência

Depois de um inestimado trabalho braçal utilizando um scanner, o professor João Batista Vieira Junior digitalizou sua tese de doutorado, a primeira feita no INEP - isso em 1991, tempo em que o INEP nem se chamava INEP ainda. Direto de uma época em que o mundo digital ainda era pouco acessível e o batuque das máquinas de escrever fazia parte da redação de um trabalho acadêmico, a tese intitulada Conversores Quase-Ressonantes: Novas Topologias, Projetos e Análise está agora imortalizada no website do INEP. O trabalho foi orientado pelo professor Ivo Barbi.

"Ao digitalizar minha Tese, tantos anos depois, fiquei ainda emocionado ao ver quanto fizemos naquela época. Foi uma experiência extremamente rica em desenvolvimento científico, pessoal e familiar". O professor Batista lembra bem da época, que lhe foi marcante não só no aprendizado acadêmico,mas também no convívio com os professores Ivo Barbi, Arnaldo Perin e Denizar Cruz, a quem ele é grato: "a disposição dos professores do INEP sempre foi ímpar. Eles nunca pouparam esforços no sentido de nos auxiliar nos desenvolvimentos dos nossos trabalhos e exemplificaram sempre mostrando os caminhos da pesquisa."

Atualmente, João Batista Vieira Júnior é professor titular da Faculdade de Engenharia Elétrica da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), mesmo lugar em que se graduou em 1980. Veio para Santa Catarina em 1983, para cursar o mestrado em Engenharia Elétrica da UFSC, onde conheceu e se interessou pela área de eletrônica de potência. Depois de 18 meses, formado, voltou para Uberlândia e ajudou a dar início ao programa de pós-graduação em Engenharia Elétrica da UFU. Em 1987, voltou para a UFSC e fez parte da primeira turma do curso de doutorado de Engenharia Elétrica, orientado pelo professor Ivo Barbi, Desenvolveu a tese junto ao Laboratório de Máquinas Elétricas e Eletrônica de Potência (LAMEP) - que mais tarde viria a se chamar INEP. João Batista Vieira Júnior também é membro da SOBRAEP (Sociedade Brasileira de Eletronica de Potencia), no Conselho Fiscal.

"Hoje olhamos estes tempos com olhos bem distantes e vemos quão bom foi o que na época pensávamos ser muito sofrido. Valeu a pena", relembra, 19 anos após apresentar a tese e ser titulado doutor, o professor Batista.

FONTE :
http://www.inep.ufsc.br/index.php?option=com_content&view=article&id=23:primeira-tese-do-inep-e-digitalizada&catid=6:memory&Itemid=3

Nenhum comentário:

Postar um comentário