“SE SEUS PROJETOS FOREM PARA UM ANO,SEMEIE O GRÂO.SE FOREM PARA DEZ ANOS,PLANTE UMA ÁRVORE.SE FOREM PARA CEM ANOS,EDUQUE O POVO.”

“Sixty years ago I knew everything; now I know nothing; education is a progressive discovery of our own ignorance. Will Durant”

OBRIGADO DEUS PELA VIDA,PROTEGENOS E GUARDANOS DE TODO MAL


AUTOR DO BLOG ENG. ARMANDO CAVERO MIRANDA SAO PAULO BRASIL

quinta-feira, 30 de maio de 2013

RESIDUOS ELECTRONICOS EN BRASIL Lixo eletrônico no Brasil - Caminhos da Reportagem (26/08/2011)



Publicado em 21/03/2012
http://tvbrasil.org.br/caminhosdarepo...

O Senado aprovou, em julho, o projeto que cria a política nacional de resíduos sólidos, mas que ainda depende de sanção presidencial para se tornar lei. Segundo dados de defensores da proposta, apenas 13% do lixo eletrônico produzidos são processados corretamente. O fato já havia suscitado críticas da ONU -- Organizações das Nações Unidas. De acordo com a entidade, o Brasil é o país emergente que mais gera material eletrônico ultrapassado por habitante e ainda não sabe o que fazer com ele. Hoje, apenas 8% dos municípios brasileiros reciclam seu lixo produzido, e não existe registro da quantidade de resíduos eletrônicos que está contida nesse processo.

O Caminhos da Reportagem visitou cinco capitais brasileiras para saber como e por que se acumula tanta sucata. No maior centro consumidor de informática do país, a equipe do programa encontrou o lixo eletrônico em depósitos clandestinos, peças de computador e outros eletrônicos que contêm metais preciosos e perigosos. Ainda sem regras claras sobre a destinação do lixo eletrônico, o Brasil exporta esse material para que outros países façam o tratamento adequado.

A edição mostra também grandes fábricas que já começam a recolher os aparelhos usados. E a conscientização de técnicos, ambientalistas e cidadãos que fazem a sua parte para que esse lixo não polua ainda mais o meio ambiente.

08 mayo 2013 nuevas tecnologías de iluminación aplicadas a la gran industria COLEGIO DE INGENIEROS DEL PERU


ENGENHEIRO FERNANDO LANDGRAF Diretor-presidente do IPT INSTITUTO DE PESQUISAS TECNOLOGICAS SAO PAULO BRASIL

ENG. Fernando Landgraf

 

O engenheiro atuou 32 anos no IPT e hoje é presidente do instituto que é referência em tecnologia no Brasil

Ser presidente de um orgão com mais de cem anos de história e com muita tradição como o Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) exige muita experiência e dedicação de quem ocupa esse cargo. Fernando Landgraf, mineiro de 58 anos, casado e pai de dois filhos teve sua vida voltada para o estudo da Engenharia Metalúrgica. Escolhido para ocupar o posto mais alto do instituto no mês de agosto deste ano, atua ainda como professor na graduação e na pós-graduação da Escola Politécnica (Poli).
Depois de um intercâmbio no último ano do ensino médio no Estado de Indiana, nos Estados Unidos, em 1971, Landgraf voltou para o Brasil sem se preocupar muito com o que faria na faculdade. “Quando voltei do exterior, prestei vestibular para Engenharia na FEI (Faculdade de Engenharia Industrial) apenas por conveniência, não foi uma decisão consolidada. Acabei aprovado.”
No ano de 1973, um pouco decepcionado com o curso de Engenharia, prestou vestibular para História e foi aprovado na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Além disso, segundo o atual presidente do IPT, outros dois fatos marcaram esse ano de sua vida: “Fui diretor do Diretório Acadêmico da FEI e fiz um curso de introdução à Engenharia Metalúrgica com um professor que também trabalhava no IPT”. Landgraf atribui grande importância a esse curso: “Foi lá que conheci a pesquisa, não sabia que existia pesquisa em engenharia. O professor falava que era um desafio nacional, que tínhamos que ajudar o Brasil a avançar. Isso mudou minha vida”.
WEBSITE FONTE ORIGINAL
http://espaber.uspnet.usp.br/espaber/?materia=fernando-landgraf

Más de 7 millones de toneladas de residuos electrónicos se generarían al día en el Perú. Semana Electrónica, cuarto día.

GESTION DE RESIDUOS ELECTRONICOS INGENIERO ERNESTO CANALES CIP COLEGIO DE INGENIEROS DEL PERU

SEMANA DE LA INGENIERIA ELECTRONICA COLEGIO DE INGENIEROS DEL PERU MAYO2013 Redes 3G y 4G

DIA DA ENGENHARIA ALEMANHA BRASIL PORTUGUES 2012

BRASIL IPT inaugura equipamento que medirá eficiência de coletores solares em sistemas de aquecimento de água

O simulador solar que entra em operação hoje no Laboratório de Instalações Prediais e Saneamento (LIP), ligado ao Centro Tecnológico do Ambiente Construído (CETAC) do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), terá a missão de dar suporte ao desenvolvimento de produtos e de realizar testes para atender a certificação compulsória de aquecedores de água que utilizam coletores de energia solar.

O equipamento recebeu investimento de aproximadamente R$ 3,5 milhões, sendo 90% do Governo do Estado e o restante de CNPq e FINEP, estes últimos órgãos do Governo Federal. O simulador será essencial para determinar a eficiência energética de painéis coletores, mas ele também poderá realizar ensaios em sistemas fotovoltaicos para geração de energia e outras análises de equipamentos submetidos à influência do Sol.
 O técnico Douglas Messina, um dos responsáveis pelo trabalho no simulador, explica que o equipamento não é destinado a ensaios de envelhecimento, que contam com câmaras específicas para essa finalidade, mas deve verificar o funcionamento em termos de captação e produção energética.

O principal segmento de atuação do equipamento será o de construção civil, considerando aplicações residenciais, comerciais e industriais. Em todos esses nichos, o mercado segue tendência de crescimento, com destaque para a indústria. “A adoção desses sistemas na indústria é cada vez maior, não só para a produção de água quente, mas também de vapor”, afirma Messina. A aplicação de soluções para geração de energia fotovoltaica também segue em crescimento na indústria.
 O simulador se compõe de uma estrutura móvel de acionamento hidráulico e elétrico com lâmpadas especiais. O sistema foi instalado em uma sala com oito metros de pé direito e sistema de ar-condicionado que mantém a temperatura constante, com tolerância de mais ou menos um grau, para garantir a precisão das leituras realizadas.

Com potência de 50 kVA (Quilovoltampere), o simulador pode ser colocado em qualquer plano entre zero e 90 graus para produzir cada situação de estudo desejada. Messina afirma também que a intensidade das lâmpadas é dimerizada, para que sejam estabelecidos diferentes níveis de radiação. “O equipamento é todo automatizado e você pode memorizar a configuração de cada ensaio sem risco de perder dados”, diz.

O simulador também trabalha com sistema de aquisição e tratamento de dados realizados por meio de software e hardware exclusivos e dispõe de uma instrumentação específica para fazer a gestão da vida útil das lâmpadas.

Poucas instituições de pesquisa dispõem de simuladores solares no mundo. No Brasil, agora somente o IPT e o Laboratório Green Solar, da PUC Minas, oferecem serviços com o equipamento. “Creio que esses são os dois únicos simuladores do Hemisfério Sul”, afirma Messina.
FUENTE ORIGINAL DE LA INFORMACION WEBSITE:
http://www.ipt.br/noticia/565-novo_simulador_solar.htm

terça-feira, 28 de maio de 2013

RETIFICADOR ENTRELAÇADO BOOST, NO MODO DE CONDUÇÃO DESCONTÍNUA, COM TÉCNICA DE CORREÇÃO DA CORRENTE DE ENTRADA E ELEVADO FATOR DE POTÊNCIA, PARA APLICAÇÃO EM SISTEMA TRÓLEBUS





TítuloRETIFICADOR ENTRELAÇADO BOOST, NO MODO DE CONDUÇÃO DESCONTÍNUA, COM TÉCNICA DE CORREÇÃO DA CORRENTE DE ENTRADA E ELEVADO FATOR DE POTÊNCIA, PARA APLICAÇÃO EM SISTEMA TRÓLEBUS
AutorGuilherme de Azevedo e Melo
OrientadorProf. Dr. Carlos Alberto Canesin
Data14/05/2010
Arquivo

Paralelismo de Inversores Monofásicos, Isolados ou em Conexão com a Rede, com Otimização da Resposta Dinâmica

TítuloPARALELISMO DE INVERSORES MONOFÁSICOS, ISOLADOS OU EM CONEXÃO COM A REDE, COM OTIMIZAÇÃO DA RESPOSTA DINÂMICA
AutorRuben Barros Godoy
OrientadorProf. Dr. Carlos Alberto Canesin
Data01/03/2010
Arquivo

Inversores Integrados Monofásicos Aplicados em Sistemas Fotovoltaicos com Conexão à Rede de Distribuição de Energia Elétrica

 
 PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA “Inversores Integrados Monofásicos Aplicados em Sistemas Fotovoltaicos com Conexão à Rede de Distribuição de Energia Elétrica” LUIGI GALOTTO JUNIOR Orientador: Prof. Dr. Carlos Alberto Canesin Tese apresentada à Faculdade de Engenharia - UNESP – Campus de Ilha Solteira, para obtenção do título de Doutor em Engenharia Elétrica. Área de Conhecimento: Automação. Ilha Solteira – SP-SAO PAULO-BRASIL Dezembro/ 2011

TítuloINVERSORES INTEGRADOS MONOFÁSICOS APLICADOS EM SISTEMAS FOTOVOLTAICOS COM CONEXÃO À REDE DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA
AutorLuigi Galotto Junior
OrientadorProf. Dr. Carlos Alberto Canesin
Data12/12/2011
Arquivo

sexta-feira, 17 de maio de 2013

Analisis de redes electricas 1 Sesion 7 Parte2 12-19 TRANSFORMADOR

Analisis de redes electricas 1 Sesion 7 Parte2 12-19

Analisis de redes electricas 1 Sesion 7 Parte2 18 -19 Acoplamiento Magnético y Circuitos Acoplados Ing. Hernán Gutiérrez Vera

Análisis de Redes Eléctricas 1-Circuitos Trifásicos Sesión 8 3/13

Análisis de Redes Eléctricas 1-Circuitos Trifásicos Sesión 8 2/13

Análisis de Redes Eléctricas 1-Circuitos Trifásicos Sesión 8 1/13

Amplificadores Operacionais - Configurações e Aplicações

segunda-feira, 13 de maio de 2013

Designing reliable ethernet networks for substation automation (2012)

Generator protection fundamentals (2012)

Fundamentos de protección para tranformador (2011)

IEC 61850 y la automatización de subestaciones (2011)

¿Cómo ven los ingenieros a Nikola Tesla?

549 - ELETRICIDADE - Introdução à interpretação de diagrama elétrico

520 - ELETRICIDADE - Como se liga um motor trifásico

515 - ELETRICIDADE - Conheçam o motor trifásico - Corrente nominal.avi

552 - ELETRICIDADE - Conheçam o disjuntor motor

552 - ELETRICIDADE - Conheçam o disjuntor motor

547 - ELETRICIDADE - Conferindo as ligações da chave estrela triângulo a...

357 - ELETRICIDADE - Vejam o que pode acontecer se usar o neutro como at...

45. ELETRICIDADE - INSTALAÇÃO DE QUADRO DE DISTRIBUIÇÃO DE CIRCUITOS (QD...

segunda-feira, 6 de maio de 2013

Источник бесперебойного питания RUCELF UPO-II-1000-36-IL Sistema de alimentación ininterrumpida RUCELF UPO-II-1000-36-IL

Трехфазный ИБП Power-Vision Black 3/3

Стабилизатор напряжения Oberon Y45-15 (45 кВА) Regulador de tensão Oberon Y45-15 (45 kVA)

Стабилизатор напряжения Oberon M11-25 IP54 El regulador de voltaje Oberon M11-25 IP54

N-Power Evo 100 кВА − внутренняя компоновка- UPS 100KVA

Стабилизатор напряжения Oberon Y255-15 (255 кВА) El regulador de voltaje Oberon Y255-15 (255 kVA)

N-Power Evo 100 кВА − запуск ИБП

Invertomatic 40Kva UPS Autopsy Pt1

Invertomatic Victron 40Kva UPS Control Power Up and Memory Exploration