“SE SEUS PROJETOS FOREM PARA UM ANO,SEMEIE O GRÂO.SE FOREM PARA DEZ ANOS,PLANTE UMA ÁRVORE.SE FOREM PARA CEM ANOS,EDUQUE O POVO.”

“Sixty years ago I knew everything; now I know nothing; education is a progressive discovery of our own ignorance. Will Durant”

OBRIGADO DEUS PELA VIDA,PROTEGENOS E GUARDANOS DE TODO MAL


AUTOR DO BLOG ENG. ARMANDO CAVERO MIRANDA SAO PAULO BRASIL

sábado, 8 de novembro de 2014

COMPENSAÇÃO DA FORMA DE ONDA DE UM INVERSOR PWM UTILIZANDO UMA TÉCNICA DE CONTROLE REPETITIVO Vinícius Cordeiro Durães Araújo Programa de Pós- Graduação em Engenharia Elétrica da Escola de Engenharia da Universidade Federal de Minas Gerais (ENGETRON) BRASIL







COMPENSAÇÃO DA FORMA DE ONDA DE UM INVERSOR PWM
UTILIZANDO UMA TÉCNICA DE CONTROLE REPETITIVO

Vinícius Cordeiro Durães Araújo
Dissertação de Mestrado submetida à Banca Examinadora
designada pelo Colegiado do Programa de Pós-
Graduação em Engenharia Elétrica da Escola de
Engenharia da Universidade Federal de Minas Gerais,
como requisito para obtenção do Título de Mestre em
Engenharia Elétrica.
Orientador: Prof. Porfírio Cabaleiro Cortizo
Belo Horizonte - MG-BRASIL
Universidade Federal de Minas Gerais
Escola de Engenharia
Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica

RESUMO
 Os inversores para sistemas UPS devem fornecer uma tensão de saída regulada e com baixo valor de distorção harmônica total (THD - Total harmonic distortion). Este trabalho apresenta um estudo de diversas técnicas de controle para o estágio de saída de um sistema UPS. Foi realizada uma pesquisa bibliográfica de estratégias de controle que contemplam este objetivo. A utilização de uma técnica de controle digital para regular o valor RMS da forma de onda associada com a ação integral repetitiva é avaliada para inversores PWM de baixo custo. Como resultado da ação integral repetitiva, esta estratégia de controle digital reduz o erro de regime permanente e as distorções causada por perturbações periódicas tais como cargas não lineares. Além disso, a técnica de controle digital analisada mede apenas a tensão de saída, reduzindo o custo com SENSORES. O controle repetitivo é uma boa alternativa para as UPS de baixo custo. Ele utiliza a natureza repetitiva das perturbações enquanto os outros métodos não o fazem. O mecanismo de controle é na verdade um controle integral baseado no período fundamental. A tensão de saída é a única variável que deve ser medida, e a ação do controlador principal não precisa ser muito rápida para se alcançar uma forma de onda da tensão de saída com baixa taxa de distorção harmônica total. Apesar de uma resposta sub-cíclica não ser possível, um tempo de assentamento de alguns ciclos do período fundamental é aceitável para muitas aplicações. A Engetron e a excelente equipe do projeto (Mario Henrique, Paulo de Tarso, Wilton Padrão e todos os outros) pelo pleno apoio durante todo o desenvolvimento deste trabalho e incontáveis contribuições
 LINK
http://www.ppgee.ufmg.br/defesas/199M.PDF

Nenhum comentário:

Postar um comentário