“SE SEUS PROJETOS FOREM PARA UM ANO,SEMEIE O GRÂO.SE FOREM PARA DEZ ANOS,PLANTE UMA ÁRVORE.SE FOREM PARA CEM ANOS,EDUQUE O POVO.”

“Sixty years ago I knew everything; now I know nothing; education is a progressive discovery of our own ignorance. Will Durant”

JORGE CHAVEZ DARTNELL SEPTIEMBRE 1910 "Higher always higher, until we reach the glory"


SAO PAULO BRASIL

sábado, 21 de março de 2015

INTEGRAÇÃO DE FILTRO ATIVO DE POTÊNCIA MONOFÁSICO E BIFÁSICO AO SISTEMA DE PROPULSÃO DE UM VEÍCULO ELÉTRICO - Tese de Doutorado-Marcio do Carmo Barbosa Poncilio Rodrigues- Universidade Federal de Juiz de Fora -Programa de Pos-Graduacão em Engenharia Elétrica-BRASIL










INTEGRAÇÃO DE FILTRO ATIVO DE POTÊNCIA MONOFÁSICO E BIFÁSICO AO SISTEMA DE PROPULSÃO DE UM VEÍCULO ELÉTRICO
 Autor: Márcio do Carmo Barbosa Poncílio Rodrigues
 Orientador: Henrique Antônio Carvalho Braga           Data: 20/11/2014

 COMPARTILHO COM TODA COMUNIDADE ACADEMICA,CIENTISTA E INDUSTRIAL ESTA FASCINANTE TESE DE DOUTORADO DO MEU DISTINGUIDO COLEGA DR.M arcio do Carmo Barbosa Poncilio Rodrigues DA UNIVESIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA -Programa de P os-Graduação em Engenharia Elétrica
 RESUMO
A gradativa substitui ção da atual frota de ve culos de motor de combustão interna por ve ículos el étricos (VEs) pode ser vista como um importante fator para a melhoria das condi cões ambientais nos centros urbanos, uma vez que possibilita a redu cão das emissões de poluentes atmosf ericos nocivos a sa úde humana. Os conversores est aticos existentes no sistema de propulsão de veí culos puramente el étricos e hi bridos "plug-in" podem ser utilizados para fun cões adicionais, diferentes da tra ção el étrica. Com poucas adapta ções nos circuitos eletrônicos do VE e possi vel integrar fun ções como recarga de baterias, gera ção distribu da de energia el étrica e compensa ção de reativos. Este tipo de aplica ção e particularmente interessante no contexto de redes inteligentes de energia el étrica (smart grids). Esta integra ção de funcionalidades ao VE, al em de permitir a redu ção de custos e economia de recursos naturais, poder a resultar em retorno fi nanceiro aos propriet arios destes ve ículos pela presta ção de servi cos auxiliares ao sistema el étrico.
Neste trabalho e proposta a utiliza ção de veí culos el étricos na compensa cão de harmônicos de corrente e de potência reativa em instala côes el ètricas residenciais e comerciais, utilizando o pr oprio sistema de propulsão do VE para operar como fi ltro ativo de potência, o que pode ser realizado de forma simultanea a recarga do banco de baterias do VE ou durante seu uso como unidade de gera ção distribu da de energia el étrica (operação no modo V2G, vehicle-to-grid ). Sendo o padrão de conexão de VEs a rede de energia el etrica atualmente adotado pela maior parte dos fabricantes de autom oveis el étricos baseado em alimenta ção monof ásica (com possibilidade de alimentação bif ásica), e explorada, neste trabalho, a utiliza ção de um VE na compensa ção de cargas monof ásicas e bif ásicas, em condi ções t picas de instala ções el étricas residenciais e comerciais, de forma compati vel a tal padrão. A inclusão desta funcionalidade aos VEs pode contribuir para a redu ção do impacto da eletri ficação veicular no sistema el étrico, pois com a diminui ção do fluxo de potência reativa e harmônica na rede el étrica, torna-se maior a sua capacidade dispon ivel para transporte de potência ativa, facilitando o suprimento de energia a novas cargas (que podem ser os pr oprios VEs).

LINK ORIGINAL TESE:
http://www.ufjf.br/ppee/files/2014/03/tese_Marcio_web.pdf

Domínio de tecnologia permite transmissão de dados via rede elétrica - UFJF UNIVERSIDADE FEDERAL JUIZ DE FORA BRASIL-PESQUISA




Domínio de tecnologia permite transmissão de dados via rede elétrica UFJF é a primeira do hemisfério sul a desenvolver o projeto, criado especificamente para a rede existente no país, na busca de suprir a carência em infraestrutura de telecomunicações .
Bárbara Duque Repórter.

Modular as frequências de transmissão de energia elétrica com as de dados, sem que uma interfira na outra, tendo como base a rede de energia elétrica brasileira. Esta é a grande conquista, após mais de 13 anos de pesquisa, do Laboratório de Comunicações (LCom) do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Mais de R$ 4 milhões foram investidos no centro de excelência para tecnologia Powerline Communication (PLC) da Universidade. O recurso possibilitou a compra de equipamentos de última geração, transformando o laboratório em um dos mais avançados para pesquisa P&D na área de PLC. O LCom é um laboratório que faz parte do Instituto Nacional de Energia Elétrica (Inerge-Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia), com sede na UFJF. O resultado foi a conclusão, no inicio de 2014, do protótipo do sistema PLC, com elevada taxa de transmissão e confiabilidade para atender as demandas atuais e futuras das concessionárias brasileiras de energia elétrica, além de outros setores. Considerada uma inovação de ruptura, o projeto de P&D tem o potencial para possibilitar avanços em grande escala na indústria. O Brasil tem um conhecido déficit em infraestrutura de telecomunicação, daí a grande preocupação do setor e de estudiosos em desenvolver algo que seja eficiente e econômico. A equipe precisou operacionalizar um projeto que caracterizasse qualitativa e quantitativamente o real potencial das redes de energia elétrica como meio de transmissão de dados e gerasse subsídios para o desenvolvimento de tecnologias PLC compatíveis com as características brasileiras, além de uma cadeia de produtos. Um dos desafios dessa tecnologia foi que a topologia das redes de energia elétrica difere muito das redes de telecomunicações tradicionais, como o cabo coaxial ou fibra óptica. O canal PLC é seletivo na frequência, ciclicamente variante no tempo e é corrompido pela presença de ruídos impulsivos. A conexão dos equipamentos PLC à rede é feita com acoplador que oferece o isolamento adequado entre os sinais de telecomunicações e de energia elétrica, garantindo a segurança operacional do sistema e dos usuários.

FONTE ORIGINAL ARTIGO COMPLETO NO SEGUINTE LINK:
http://www.ufjf.br/revistaa3/files/2014/08/REVISTA7CS6_DAL_VERSION_web_12_15.pdf

quarta-feira, 18 de março de 2015

UPS TRUE ONLINE TRIFASICO ONL33II MARCA EZATEC SISTEMAS DE ENERGIA


INSTALANDO E CONFIGURANDO UPS TRIFASICO ONL33II 15 KVA SÃO PAULO BRASIL,ESTE NOBREAK E MARCA EZATEC,E O ÙNICO UPS DO MUNDO QUE QUANDO SINALIZA ALARME FAZ COM VOZ REAL HUMANA,.ALEM DE ISSO TEM UM TABLET COM SOFTWARE DE MANUTENÇÃO EM TEMPO DE REAL,PORTANTO TEM O MENOR MTTR (TEMPO MEDIO DE REPARO) DO MERCADO,SU CONFIABILIDADE,ROBUSTEZ ESTA DEMOSTRADA POR ESTAR INSTALADO EM MUITAS EMPRESAS CORPORATIVAS DO BRASIL,OS ESPERO NA FIEE A MAIOR FERIA DE ELETRONICA DE AMERICA DO SUL DO 23 AO 27 MARÇO EM SAO PAULO NO ESTANDE E230,SUCESSO PARA TODOS.

terça-feira, 17 de março de 2015

EZATEC SISTEMAS DE ENERGIA na FIEE 28°FEIRA INTERNACIONAL DA INDUSTRIA ELÉTRICA ,ELETRÔNICA,ENERGIA E AUTOMAÇÃO 23-27 MARÇO/2015 SÃO PAULO BRASIL


Fundada desde 1997,  a empresa Ezatec  vem atuando no mercado de proteção de energia, oferecendo  soluções , experiência, conhecimento e serviços adequados  priorizando  na qualidade , compromisso e excelência, transparência no atendimento direto ao cliente, fornecedores  e colaboradores  diretos  ou indiretos.

A Ezatec hoje , está equipada  com uma estrutura de 1000 metros quadrados de área construída  e espaço  suficiente com todas as ferramentas necessárias e toda infraestrutura informatizada, garantindo  precisão  nos testes de qualidade  dando maior segurança nos produtos e serviços à seus clientes.
Comercialização de No Breaks de médio e grande  porte e atuando em nível nacional.


Contamos  com uma equipe de técnicos especializados  e Engenharia   com mais de 20 anos  de experiência em No Breaks,  temos  laboratório de teste  e equipamentos  de medição de ultima geração.

Venha visitar o nosso stand e conheça toda a nossa linha de produtos:
Nobreaks,Estabilizadores de tensão,Transformadores  e muitos outros.
STAND  E230

WEBSITE EZATEC :http://www.ezatec.com.br


segunda-feira, 16 de março de 2015

PESQUISADORES DE ELETRÔNICA DE POTÊNCIA DO GEPEC Universidade Federal do Ceará BRASIL PARTICIPAM NO APEC 2015 -Applied Power Electronics Conference and Exposition Charlotte Convention Center, Charlotte, NC, March 15 - 19, 2015.


BRASIL PARTICIPA COM UM BRILHANTE GRUPO DE PESQUISADORES DE
ELETRÔNICA DE POTÊNCIA DO Grupo de Processamento de Energia e Controle do Departamento de Engenharia Elétrica da Universidade Federal do Ceará.
OS DISTINGUIDOS DOUTORES E ENGENHEIROS:
Pedro Henrique Almeida Miranda, Davi Joca,Paulo Praca ,Dalton Honório ,Tobias Rafael,Bruno Almeida.
Eu tive a honra de trabalhar com muitos de eles no GEPEC ,quando a MICROSOL de Fortaleza CEARA ,tinha convenios com a Universidade Federal do Ceará,DESEJO A ELES MUITO SUCESSO.

electronica 2014: Messeneuheiten rund ums Auto und Elektromobilität

domingo, 15 de março de 2015

Design & Implementation of Parallel Operation of Inverters with Instantaneous Current Sharing Scheme Using Multiloop Control Strategy on FPGA Platform by Shahil Shah -Department of Electrical Engineering Indian Institute of Technology, Kanpur




Abstract
 In these days of acute shortage of conventional energy resources, the harness of renewable energy has received considerable attention. In general, power obtained from Renewable Energy Sources(RES) is not of the form which is directly deliverable to the AC load or the utility grid. Voltage Controlled Voltage Source Inverters (VCVSI) forms the interface link which conditions power to the form deliverable to grid or load. To modularize the system, instead of a single inverter, the use of number of parallel inverters of reduced rating is proposed. The parallel operation of inverters in RES system o ers advantages like reliability and redundancy in addition to the low maintenance cost of a low power unit compared to that of high power unit. However there is a need of control strategy to strictly hold the amplitude, phase and frequency of output voltages of inverters at the same values in order to avoid circulating currents through inverter modules and make them share load currents equally even during transients. In this thesis work a control scheme is proposed and implemented for paralleling of three phase inverters which enables the inverters to share load currents equally even during transients (instantaneous current sharing), and also track the sinusoidal voltage reference. This voltage reference is either free running or is derived from grid voltage so as to feed AC load or to synchronize the module with any utility grid. The design issues for designing of multiloop control structure are analyzed at length with the discussion of active damping to increase the damping and relative stability of system. Design of outer current sharing controller has been done and its design intricacies are included in the work. FPGAs can be used to control power electronic systems. They have advantages like high speed, parallel processing capability, and rich digital I/O interface. In this thesis, basic modules required for development of controllers for power electronic systems are developed and tested with standard signals. The proposed control scheme for parallel operation is implemented for two 3-phase inverters using this FPGA platform.
 LINK ORIGINAL

http://shahilshah.weebly.com/uploads/4/4/6/5/4465384/shahil_report.pdf

David Perreault - Powerful Circuits: Developments in High Frequency Power Electronics



  Powerful Circuits: Developments in High Frequency Power Electronics Electrical energy is the cornerstone of our technological infrastructure, and its use pervades our society. Energy-processing circuits -- or power electronics -- are central to our ability to efficiently create, manipulate, and utilize electrical energy. Advances in this area are becoming vital, both for addressing the growing energy challenges we face and for extending our control over the world around us. A challenge of particular importance is the miniaturization of power circuits. Likewise, advances in the performance of power electronics -- including efficiency, control bandwidth, and operating range -- are essential to reducing energy consumption and increasing functionality in myriad applications.
 This talk describes ongoing research at MIT that seeks to address the twin challenges of miniaturization and performance of power electronics. New system architectures and circuit designs are introduced that enable dramatic increases in switching frequencies (e.g., into the 3-300 MHz range). Higher frequencies are desirable because they reduce energy storage requirements, but necessitate circuit designs that either compensate for or utilize device parasitics. Furthermore, design approaches for integrated power devices and magnetics are introduced that scale well to small sizes and high frequencies and enable improved integration. Experimental results from power converters operating at frequencies to beyond 100 MHz are presented to illustrate these emerging technologies.